Do 6° ao 9° ano

    É nesta etapa da vida escolar que ocorre a passagem da infância para a adolescência, fase esta que se apresenta com muitas singularidades. Entre elas está a puberdade, período em que ocorrem mudanças biológicas e fisiológicas o que requer maior atenção a cada educando. 

    O desenvolvimento cognitivo se dará levando em conta uma maior percepção das próprias habilidades. Para isso, a escola propõe desafios e tenta estabelecer relações que valorizem as próprias capacidades do aluno, fortaleçam a autoestima e estimulem o gosto pelo conhecimento.

    Como a expansão física é uma necessidade evidenciada em alunos que estão nesta etapa do aprendizado, a escola incentiva práticas esportivas através de aulas vivenciais, saídas pedagógicas, assim como mecanismos para canalizar as energias e potencialidades que venham a garantir essa satisfação.